Boletim BIREME n° 31

Gestão, institucionalidade e cooperação técnica da BIREME são temas da agenda do Ministério da Saúde do Brasil

Alexandre Pozza Urnau Silva, Subsecretário de Assuntos Administrativos do Ministério da Saúde (SAA/MS), Soraya Zacarias Drumond de Andrade, Coordenadora da Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI), e Shirlei Rodrigues Gonçalves, Coordenadora de Disseminação de Informação Técnico Científica em Saúde se reuniram na BIREME no dia 25 de abril para tratar de temas sobre a gestão, institucionalidade e cooperação técnica do Centro. Participaram o Diretor da BIREME, Diego González Machín, e equipe, Jacobo Finkelman, Diretor interino do Departamento de Evidência e Inteligência para ação em Saúde (EIH) da Sede da OPAS/OMS, e Janine Coutinho, Consultora em Gestão do Conhecimento da OPAS/OMS Brasil.

A BIREME possui uma relação histórica com o Ministério da Saúde (MS) do Brasil desde a sua fundação há 52 anos. A relação institucional com o MS é operacionalizada por meio de Convênios e Termos de Cooperação (TC) também com a OPAS/OMS Brasil. Atualmente, os TC93 e TC95, estão orientados respectivamente ao fortalecimento e aperfeiçoamento e à implementação de seu programa de cooperação técnica como Centro Especializado da OPAS/OMS em informação científica e técnica em saúde.

Os visitantes foram recebidos por Diego González Machín e percorreram as instalações da BIREME, incluindo uma apresentação do Mural do Legado Histórico e as boas-vindas também das gerências administrativa e técnicas, por meio de breve apresentação de seus gerentes e equipes.

subsecretario2A seguir, reunidos na sala da Direção, os visitantes assistiram às apresentações sobre a missão, prioridades e ações estratégicas do Centro (BIREME Hoje, por parte de Diego González Machín); gestão, institucionalidade e plano de trabalho (Silvia de Valentin, Gerente de Administração e Planejamento); produtos e serviços de informação (Carmen Verônica Abdala, Gerente de Serviços Cooperativos e Produção de Fontes de Informação); tecnologias de informação para a cooperação técnica (Renato Murasaki, Gerente de Administração de Fontes e Metodologias e Tecnologias da Informação); e avanços em comunicação científica (Lilian Calò, Coordenadora de Comunicação Científica e Institucional).

O Subsecretário e sua equipe reiteraram interesse e apoio ao aperfeiçoamento da BIREME e ao seu programa de cooperação técnica considerando os seus projetos, produtos e serviços em informação científica e técnica. O trabalho em rede com as instituições da América Latina e do Caribe, incluindo o Brasil, que permite operar e gerenciar os diferentes produtos e serviços da BIREME, assim como os avanços tecnológicos, os projetos desenvolvidos no país e na Região e capacitações em comunicação científica foram alguns temas que suscitaram grande interesse.

Ao final da programação todos foram unânimes em concordar que a relação institucional entre a BIREME/OPAS/OMS e o MS, por meio da CGDI/SAA, considerando o seu impacto mundial, regional e local, segue fortalecida pelos seus desenvolvimentos conjuntos em prol do acesso à informação de evidência científica no Brasil e demais países da Região, para o benefício dos distintos atores da área da saúde e, portanto, da saúde dos povos da Região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *